Programa Angola Investe privilegia crédito bonificado e garantias públicas

11/10/2012 05:30 (Economia)

O Programa do Executivo angolano que visa criar e fortalecer as Micro, Pequenas e Médias Empresas nacionais, denominado "Angola Investe", se destaca por contemplar linhas de crédito bonificadas e o mecanismo de garantias públicas.


Em declarações à Angop, em Luanda, a directora de apoio ao desenvolvimento económico do Ministério da Economia, Mara Almeida, disse que para as linhas de crédito bonificadas foram disponibilizados 25 milhões de dólares norte-americanos (USD).

Afirmou que o crédito é concedido com recursos dos bancos, o Estado bonifica juros pagos pelas Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME), o valor máximo da taxa de juro anual efectivamente paga pela MPME é de 5 porcento.

Realçou que, dentro deste quadro, o prazo máximo de reembolso é de sete anos, com o período de carência do capital de pelo menos seis meses.

Sobre os mecanismos de garantias públicas, disse ter sido disponibilizado USD 100 milhões para o Fundo de Garantias Públicas.

Realçou que, dentro deste mecanismo, o Estado cobre 70% do capital em dívida, onde as MPME pagam uma comissão de 2 porcento, ao ano, para o fundo de garantia.

Referiu que a obtenção dos financiamentos, ao abrigo dos instrumentos mencionados, estará condicionada, entre outros factores, à obtenção do certificado de MPME através do INAPEM e enquadramento do projecto nos sectores prioritários (agricultura, pecuária/pescas, materiais de construção e serviço de apoio ao sector produtivo).

 

Fonte: ANGOP




Agenda de Eventos
Último Evento
Road Show Sector Bandeira do Leite
  • Início
    06
    jul.
    2012
    09:00
  • Fim
    06
    jul.
    2012
    13:00
 
 

2011 - Portal do Ministério da Economia - Copyright©